100%
25.11.2020

Quais são os benefícios da participação social para o governo?

A participação social na gestão pública é um movimento relativamente novo e muitas vezes os gestores não sabem os benefícios desta prática. Destacamos aqui 5 benefícios de um governo participativo.

Durante muitos anos ouvimos repetidas vezes que política não se discute e só aqueles com altos cargos públicos, como vereadores e prefeitos, são capazes de falar sobre o assunto. Contudo, se tem uma lição que aprendemos nos últimos anos, é que a população está mais exigente com o seu governo e política se tornou um tema discutido diariamente.

A Lei da Transparência (LAI), por exemplo, é um reflexo disso. Com ela, os estados e municípios são obrigados a divulgar os seus gastos em tempo real, assim a população acompanha de perto onde está sendo investido o dinheiro dos impostos.

Mas, por ser um movimento relativamente novo, muitos prefeitos ainda não sabem qual é a melhor forma de fazer acontecer essa parceria com a população ou como ela pode auxiliar em seus mandatos. Por isso, neste artigo falaremos sobre os benefícios da participação social para o governo. Vamos lá!

Os benefícios da participação social

Assegurada pela Constituição, a participação social é a parceria entre o poder público e o povo para fiscalizar e auxiliar nas decisões relacionadas ao bem da cidade. Alguns benefícios de trabalhar a participação social são:


Aplica verbas onde mais são necessárias

Independentemente do tamanho, administrar um município não é uma tarefa fácil. O gestor precisa analisar centenas de demandas de diferentes setores e analisar para quais o dinheiro público irá. Com a participação social existe o contato direto com cidadãos que estão engajados para melhorar a cidade e a troca de informações com eles pode ajudar em decisões como essa, otimizando o uso do dinheiro público para áreas que mais necessitam.

Sabia que dá para hackear a burocracia?

Diga adeus para os processos cansativos e ineficientes. Deixe o seu e-mail aqui e receba nossos conteúdos especiais.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Aumento da legitimidade

Ser reconhecido como um líder ético e íntegro provavelmente é a meta pessoal de qualquer gestor público e trabalhar ao lado da população pode ajudar. Assim, além de ouvir as opiniões e necessidades do povo, o gestor também terá informações sobre o que as pessoas acham das ações que estão sendo executadas.

Aumento do nível de aprovação popular

Trabalhar ao lado da população ajudar a criar um relacionamento mais forte e mostra que a preocupação com a cidade e as necessidades do povo é real, e não só algo que acontece nos anos de eleição.

Melhora do bem-estar da população

Como dito anteriormente, a participação social ajuda a priorizar o que realmente é mais necessário para a população e o benefício disso é a melhora no bem-estar dos habitantes do município.

É um pilar para governos mais colaborativos

A gestão pública colaborativa é uma metodologia defendida aqui no Colab que se apoia em três pilares: gestão e serviços eficientes, participação social e engajamento.

Uma cidade não deve ser feita por poucos para muitos, mas sim por muitos para todos.

Quer saber como tornar a sua cidade mais colaborativa? Nós podemos te ajudar! Clique aqui e converse com um de nossos especialistas. 



Nat Almeida

Sobre o autor

Publicitária metida a escritora que gosta de falar sobre criatividade na gestão pública e é uma grande amante dos pães de queijo.