100%
1.11.2018

Cidades melhores para o cidadão, com o cidadão

O outubro urbano surgiu para promover o interesse internacional na urbanização global. Entenda como ele contribui para termos cidades melhores para o cidadão, com o cidadão, neste artigo!

O Outubro Urbano, como é conhecido, começa com o Dia mundial do Habitat (comemorado no dia 1), e termina com o Dia Mundial das Cidades (31). Dia instituído pela Assembléia Geral da ONU em dezembro de 2013 (mesmo ano de nascimento do Colab).

O objetivo é promover o interesse internacional na urbanização global, além de melhorar a cooperação entre países e cidades no encontro de oportunidades. Hoje, este dia também contribui para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. O mês de outubro é um período importante por estes motivos, e é claro que o Colab não deixaria isso passar em branco.

Afinal, fomos eleitos o melhor app urbano do mundo! Por isso, torcemos muito pelo futuro sustentável das nossas cidades brasileiras. E acreditamos que governos abertos e participativos, trabalhando em colaboração com cidadãos engajados, sejam a chave para cidades melhores.

Trabalhamos todos os dias, para dar protagonismo ao cidadão, possibilitando que ele colabore de forma estruturada e transparente. Levando para os governos, um programa inovador de gestão pública colaborativa.

O ONU-Habitat está com uma consulta pública aberta em parceria com o Colab para entender qual a percepção das pessoas em relação ao desenvolvimento de suas cidades nos últimos 2 anos. Você pode participar da consulta clicando aqui.

O ONU-Habitat lançou um cordel comemorativo para o mês de outubro, homenageando as manifestações populares da região Nordeste, onde está localizado o primeiro escritório do ONU-Habitat fora da sede no Rio de Janeiro.

Clique aqui para acessar o cordel.

A construção de cidades sustentáveis e resilientes

O tema geral do Dia Mundial das Cidades é Melhor Cidade, Melhor Vida, cada ano a ONU escolhe um sub-tema diferente. Segundo o documento oficial: “Uma Cidade Resiliente avalia, planeja e age para preparar e responder aos riscos - naturais e provocados pelo homem, de início súbito e lento, esperados e inesperado - para proteger e melhorar o desenvolvimento ao vivo e seguro das pessoas ganhos, fomentar um ambiente de investimento e impulsionar mudanças positivas”

Segundo a ONU. Estas são as características de uma cidade resiliente:

  • Persistência: cidade que antecipa impactos para se preparar choques atuais e futuros;
  • Adaptação: cidade que não considera apenas riscos previsíveis, mas também aceita os atuais e futuros problemas e incertezas;
  • Inclusão: cidade inclusiva, centrada nas pessoas, entendendo que ser resiliente implica proteger cada  pessoa de qualquer impacto negativo.

Para ter acesso ao conteúdo completo da ONU:

Dia Mundial das Cidades: Construindo cidades sustentáveis e resilientes (Documento Oficial)
Dia Mundial das Cidades: Construindo cidades sustentáveis e resilientes (Documento Traduzido)

E então? Sua cidade está se tornando mais sustentável? Existem processos de resiliência? O Colab pode ajudar! Queremos ouvir você! Converse conosco através do contato@colab.re

Banner com o texto Responda à consulta ONU-HABITAT e ajude a melhorar a sua cidade.

Até mais! :)

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Colab

Sobre o autor

Somos a rede social para cidadania e a ponte entre você e o governo. Eleitos o melhor app urbano do mundo.