100%
27.8.2015

Equipes ainda trabalham para resolver danos causados pelo vendaval em Santos

A cidade de Santos foi atingida por um intenso vendaval. Saiba quais locais foram mais afetados por ele nesse post.

Com o recente vendaval na cidade, a Defesa Civil de Santos registrou até as 11:30h de hoje, quinta-feira (27/08), 22 quedas de árvores, além de parte de um telhado, materiais de construção e uma placa de propaganda, que ficou pendurada no local. Até agora foram realizadas 9 vistorias estruturais, e nenhuma vítima foi constatada.

As principais quedas de árvores foram nas ruas Alexandre Fleming (Aparecida), Torquato Dias (Morro da Nova Cintra), Visconde de Cayru (Campo Grande), Antonio Manoel de Carvalho (Marapé), Iguape com Cananéia, Etelvina de Paula Freire, Paraná com Carvalho de Mendonça, Julio Conceição, Nabuco de Araújo, Imperatriz Leopoldina, César Lacerda de Vergueiro, Barão de Penedo, Augusto Paulino (entre Ana Costa e Pará), Praça do Carmo com Canal 7 e Frei Francisco Sampaio, após o Canal 5.

Além das árvores caídas, outro problema foi o mal funcionamento de diversos semáforos da cidade, e a falta de luz em vários bairros. Até hoje pela manhã, a CET-Santos identificou 27 cruzamentos com semáforos apagados pela falta de energia, que já estão sendo reparados.

As principais vias afetadas foram: Av. Nossa Senhora de Fátima, Av. Ana Costa, Av. Washington Luis, Av. Pinheiro Machado, R. Senador Feijó, Av. Afonso Pena e Orla. A CET também prestou apoio à Defesa Civil, com o bloqueio de sete vias onde houve queda de árvore. Na Rua Olavo Bilac, no bairro da Pompéia, houve queda de tapume de um edifício em construção e a via ficou fechada para o tráfego de veículos entre a Orla e a R. Floriano Peixoto. Em cada uma das vias foi posicionado um operador de tráfego para organizar o trânsito, totalizando 34 agentes nas ruas, além de outros 6 dando apoio na Central de Controle Operacional.

Fonte: http://www.santos.sp.gov.br/?q=node/888137/

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

4 - Consuma de forma consciente

Antes de comprar diversas “coisas” e “tendências tecnológicas”, sempre se pergunte: eu realmente preciso disso? Terá utilidade para mim e para minha família? Preciso comprar isso agora? O meio ambiente e o seu bolso vão te agradecer =)


5 - Reutilize folhas de papel

Sabe aquele trabalho escolar que você imprimiu no ano passado e tá guardado no armário, acumulando poeira? Aquele relatório que seu chefe adorou ver três meses atrás, mas que não precisa mais? Tudo isso pode ser reutilizado! Use o verso da folha para anotar recados e ideias, rabiscar, dê para crianças desenharem, imprima nos dois lados da folha ou utilize o verso para imprimir coisas que não são tão importantes e serão utilizadas para consumo próprio. Enfim, dá pra fazer tanta coisa!


 6 - Deixe seu carro em casa

Utilize mais transporte público e outros meios que não poluem o meio ambiente, como bicicletas e patinetes elétricos. Comece a caminhar mais também! Além de conseguir ver coisas que passam despercebidas quando você está de carro, você desestressa e pode até perder aqueles quilinhos “a mais”.


7 - Participe da Consulta Cidades Sustentáveis da ONU-Habitat

Além de ajudar a prefeitura da sua cidade e a ONU-Habitat a terem uma noção sobre como estão os esforços para atingir o ODS11 da ONU, você exerce sua cidadania falando para o governo sua opinião sobre esse assunto. Para responder à consulta, é muito simples: baixe o app do Colab em seu smartphone ou acesse https://consultas.colab.re/cidades-sustentaveis, preencha seu cadastro e responda o questionário. É fácil, rápido e você ainda ajuda sua cidade a se tornar cada vez mais sustentável!

Você sabe mais alguma forma de apoiar o desenvolvimento sustentável na sua cidade? Conta pra gente aqui nos comentários =)

Colab

Sobre o autor

Somos a rede social para cidadania e a ponte entre você e o governo. Eleitos o melhor app urbano do mundo.