100%
7.3.2019

Gestão de Resultados: Como Construir uma Cidade de Impacto

O desafio que muitos gestores enfrentam diariamente é como podem trabalhar para construir uma cidade de impacto. Trouxemos esse artigo para ajudar os gestores ;)

Como podemos construir uma cidade de impacto?

Esse é o desafio que muitos gestores públicos encontram quando ao assumir os seus cargos. Para alcançar essa meta são necessárias duas coisas: conhecer a cidade e trabalhar a gestão de resultados.

O que é Gestão de Resultados?

O termo gestão de resultados – conhecido em inglês como Management by Objectives ou Management by Results –, surgiu na obra “The Pratice of Management” de Peter Drucker e é um modelo de administração conhecido pelo foco em resultados.

A palavra-chave para o modelo criado por Drucker é resultados. Por isso, seu principal diferencial do modelo de gestão tradicional é priorizar os resultados antes dos processos e metodologias.

Outras características da gestão de resultado são enxergar as responsabilidades como de todos, independente das funções que desempenham, e integrar as unidades de negócios para que contribuam em suas tarefas, estimulando a interação entre setores e a colaboração.

Impactando a Cidade

Após arrumar a sua organização aplicando o modelo de gestão de resultados, chega a hora de trabalhar na construção de uma cidade de impacto. Para isso, você precisa conhecer sua cidade e as necessidades da população.

O Crescimento da Cidade

O cenário ideal para a população seria ter fácil acesso a comércio, trabalho e lazer na cidade, mas isso nem sempre é o que acontece.

As cidades estão crescendo cada vez mais de maneira horizontal, deixando as partes residenciais nas margens e as oportunidades de trabalho, comércio, lazer e afins no centro.Com isso, a população se torna dependente do transporte público e uso de carros particulares para se locomover diariamente.

Com as residências longe do centro, aumentam a demanda por transporte público de qualidade, o número de carros nas ruas o que pode causar congestionamentos e o tempo que o cidadão leva para chegar ao trabalho ou faculdade.

Esses problemas todos atrapalham a vida do cidadão e a rotina da cidade, prejudicando até mesmo o meio ambiente. Por isso, uma das etapas para ter uma cidade de impacto é estar atento ao crescimento dela.

A Colaboração das Pessoas

Quanto maior a cidade, mais difícil é para o setor público acompanhar todas as necessidades da população e se planejar para atendê-las de forma eficiente.

Entretanto, não podemos esquecer que a construção de uma cidade de impacto não depende apenas do setor público e as pessoas também podem ajudar nessa missão.

Através das consultas públicas o poder público pode criar políticas validadas pela opinião da população, mas para ser eficiente a comunicação entre o setor público e o cidadão deve ser uma via de mão dupla. Ou seja, a população precisa ter voz.

Algumas prefeituras estão investindo em novos canais de comunicação com a população, como o uso do aplicativo Colab que oferece para a população um canal de comunicação menos burocrático.

Usando o celular, qualquer cidadão pode divulgar fotos e denunciar problemas em seu bairro ou comunidade, como estacionamentos ilegais, problemas nas vias e depredação de patrimônio público.

As denúncias são encaminhadas para os setores responsáveis, ajudando a prefeitura a conhecer as necessidades reais daquele local.

O aplicativo permite que a prefeitura crie enquetes e envie para saber a opinião dos moradores sobre mudanças, por exemplo, a criação de ciclovias ou a as atrações de algum evento público na região.Trabalhar a cultura de participação é só o primeiro passo para construir uma cidade que impacte positivamente seus habitantes. 😉

Gosta de aprender sobre gestão pública? Então continue navegando pelo blog, temos muitos artigos incríveis para te ensinar mais sobre o tema.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

4 - Consuma de forma consciente

Antes de comprar diversas “coisas” e “tendências tecnológicas”, sempre se pergunte: eu realmente preciso disso? Terá utilidade para mim e para minha família? Preciso comprar isso agora? O meio ambiente e o seu bolso vão te agradecer =)


5 - Reutilize folhas de papel

Sabe aquele trabalho escolar que você imprimiu no ano passado e tá guardado no armário, acumulando poeira? Aquele relatório que seu chefe adorou ver três meses atrás, mas que não precisa mais? Tudo isso pode ser reutilizado! Use o verso da folha para anotar recados e ideias, rabiscar, dê para crianças desenharem, imprima nos dois lados da folha ou utilize o verso para imprimir coisas que não são tão importantes e serão utilizadas para consumo próprio. Enfim, dá pra fazer tanta coisa!


 6 - Deixe seu carro em casa

Utilize mais transporte público e outros meios que não poluem o meio ambiente, como bicicletas e patinetes elétricos. Comece a caminhar mais também! Além de conseguir ver coisas que passam despercebidas quando você está de carro, você desestressa e pode até perder aqueles quilinhos “a mais”.


7 - Participe da Consulta Cidades Sustentáveis da ONU-Habitat

Além de ajudar a prefeitura da sua cidade e a ONU-Habitat a terem uma noção sobre como estão os esforços para atingir o ODS11 da ONU, você exerce sua cidadania falando para o governo sua opinião sobre esse assunto. Para responder à consulta, é muito simples: baixe o app do Colab em seu smartphone ou acesse https://consultas.colab.re/cidades-sustentaveis, preencha seu cadastro e responda o questionário. É fácil, rápido e você ainda ajuda sua cidade a se tornar cada vez mais sustentável!

Você sabe mais alguma forma de apoiar o desenvolvimento sustentável na sua cidade? Conta pra gente aqui nos comentários =)

Nat Almeida

Sobre o autor

Publicitária que escreve sobre criatividade na gestão pública e gosta de aleatoriedades. Responsável pelo blog do Colab e é amante de pães de queijo.