100%
9.12.2020

Gestão eficiente ganha força com transformação digital

A meta de serviços digitalizados foi uma concretização de sucesso este ano, entenda nesse artigo o que foi feito e como a tecnologia irá impactar no futuro da gestão do governo.

Você que acompanha o Colab já deve ter visto os artigos sobre a gestão efetiva, os seus principais desafios, dicas de como deixar ela mais efetiva, os eixos de transições e a base de sua metodologia com a teoria do triângulo da gestão pública colaborativa

Resumidamente, precisamos de uma combinação de fatores que estão dentro de cada uma dessas ações citadas acima para que possamos ter um desempenho efetivo dos gestores e governantes. 

E se tem uma palavra que pode ser um sinônimo de efetividade é a tecnologia. A inteligência digital é uma habilidade que chegou para unir ações e facilitar a vida dos gestores e cidadãos. 

Podemos perceber, neste ano difícil, a verdadeira urgência em transformar serviços burocráticos e presenciais em transações digitais. Uma delas foi o Auxílio Emergencial que o governo fez de forma totalmente online, via aplicativo, para as pessoas se cadastrarem e retirarem nos bancos o recurso financeiro oferecido à população diante da crise do Covid-19. 

Além desse serviço, estão em destaque no site do governo federal a solicitação do seguro desemprego, a carteira de trabalho digital, a carteira de motorista digital e mais outros 4 mil serviços federais já cadastrados. 

Sabia que dá para hackear a burocracia?

Diga adeus para os processos cansativos e ineficientes. Deixe o seu e-mail aqui e receba nossos conteúdos especiais.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Apesar de ser um agente facilitador, a digitalização de serviços tem seu fator econômico, desde janeiro do ano passado, foram economizados 2 bilhões de reais. Segundo a matéria no site do governo, desse total, 1,5 bilhão é poupado pelo cidadão que, por conta da transformação digital, não precisou se deslocar e contratar serviços terceirizados para acelerar os processos de solução de outros serviços. 

Uma prática até então normal que no futuro próximo pode deixar de existir. 

Esse foi o ano de maior evolução no quesito transformação digital, o plano que vai de 2019 até 2022 teve 60% dos serviços concluídos só neste ano. 

Durante este período de reclusão por conta da Covid-19, foram 300 novos serviços disponíveis, uma média de 2 por dia. Um resultado em tempo recorde por conta da pandemia. 

A popularização do serviço vai de encontro com um tema que o Colab já está discutindo e que será intensificado a cada ano, o e-gov, também conhecido como Governo Digital. Confira mais sobre esse assunto no artigo do CEO da Colab, Gustavo Maia.

Futuramente, o governo pretende expandir ainda mais os serviços essenciais em um grande aliado da tecnologia, qualificando serviços de diferentes áreas, como a da saúde, educação, assistência social, previdência e outros que visam a prioridade ao bem comum. 

Vale lembrar que essa transformação é muito mais que serviços, ela é também uma ótima maneira de conscientizar a população, como é o caso do aplicativo Coronavírus SUS, uma ferramenta desenvolvida para orientar a população, com informativos que vão desde dicas para se prevenir até mapeamento da unidade básica de saúde mais próxima de você.

Portanto, arrisco dizer que estamos dando passos largos rumo ao futuro para uma gestão com mais eficiência, eficácia e efetividade! 

Lívia Donadeli

Sobre o autor

Jornalista de formação, marketeira por imposição. Sempre em busca de pessoas que inspiram. Uma entusiasta por movimentos sociais.