100%
19.2.2020

Informação é energia!

O que troca, energia, comunicação e participação social tem a ver com os governos e com o Colab? Tudo! Neste artigo, explicamos como isso tem revolucionado as cidades.

Você já parou para pensar que Informação é energia e que quanto mais qualidade ela tiver e mais rápido ela circular entre indivíduos, melhor será o resultado para o ambiente em que atuam, vivem, convivem e trocam experiências?

A qualidade da informação, já dizia o jornalismo, vai depender da fonte. Informação é energia e quanto mais diverso cada pedaço dela for (o dado, este pedacinho de informação) mais acertadas serão as ações e as decisões orientadas por elas.

No caso do Colab, acreditamos que essa fonte são os dados gerados por milhares de cidadãos diariamente dentro do app. Seja por meio de publicações no módulo de Zeladoria Colaborativa ou pelas respostas em consultas digitais para tomada de decisão ou avaliação de políticas e/ou equipamentos públicos. É nisso que acreditamos e foi essa a motivação para construir o Programa de Gestão Colaborativa, do qual fazem parte milhares de servidores ao redor do Brasil!

Em tempos de recursos escassos e demandas infinitas, é preciso investir bem o que se tem em mãos. Não poderia ser diferente com o dado, este recurso natural que sempre esteve aí, mas que só de uns tempos pra cá, graças à evolução das tecnologias, tornou-se viável de ser coletado, armazenado, analisado e transformado em informação/energia em larga escala. E é essa energia que tem cada vez mais sido transformada em ação e políticas públicas por diversos gestores e servidores públicos no mundo inteiro.


Aqui no Colab adoramos inovar na gestão pública!

Por isso, disponibilizamos alguns conteúdos mais completos que falam sobre gestão pública. Deixe o seu melhor e-mail para recebê-los!

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Nos últimos anos, a troca de informações entre cidadãos e governos, e, também, a troca entre os próprios servidores públicos, estejam eles trabalhando na mesma prefeitura ou em prefeituras diferentes, bateu recordes e continua crescendo exponencialmente. Isso tem acontecido por meio de webinários, videochamadas, telefonemas, whatsapp, mensagem no Colab Gov, e-mails, cases, etc. Todos essas interações são a prova de que fronteiras geográficas não existem mais, servidores públicos ao redor do Brasil agora podem trocar ideias e experiências de sucesso. E é para tornar isso possível que nós do Colab trabalhamos todos os dias.

Dos cases das Prefeituras de Santo André e Mesquita, que vêm orientando o trabalho de Zeladoria Colaborativa por metas estipuladas com base em dados; do lançamento da plataforma no Ipojuca, que nos primeiros três meses de trabalho levou quase 500 novos usuários para a plataforma, dando início a uma nova maneira de se relacionar com o cidadão; das agendas plurais de consultas que Juiz de Fora, Niterói e Teresina realizaram em 2019, até a consulta pública realizada pela Prefeitura do Recife, construída por meio do esforço de atores diversos da prefeitura e do governo do estado e que promoveu o início de um diálogo valioso sobre um território que é o segundo bairro de todo recifense, a troca de energia qualificada tem sido uma constante. 

Esses são apenas alguns exemplos do que tem sido feito por aí. Cada vez mais, temos encontrado gestores públicos que acreditam no valor da participação do cidadão, que sabem que para tomar decisões ágeis, acertadas e em consonância com as necessidades dos cidadãos, não há caminho melhor do que escutar o cidadão e então transformar o produto dessa escuta (os dados) em informação e informação em ação e políticas públicas. 

Gustavo Carvalho

Sobre o autor

Gustavo Carvalho é pai de Vicente, bacharel em comunicação social com habilitação em publicidade e propaganda e MBA em marketing. Acredita que as melhores ideias são coletivas, estão no ar e que ao respirar de peito aberto e coração tranquilo você vai se inspirar.