100%
5.10.2018

O que o Colab tem a contribuir com a discussão de Comunicação Legislativa e Cidadania?

O Colab foi convidado para participar do IV Seminário de Comunicação Legislativa e Cidadania, promovido pela Assembléia Legislativa do Pernambuco. Confira os temas que foram abordados nesse evento!

O Colab foi convidado para participar do IV Seminário de Comunicação Legislativa e Cidadania, promovido pela Assembléia Legislativa do Pernambuco no dia 17 de Agosto.

O Seminário acontece anualmente e tem como objetivo fortalecer o diálogo entre a Assembléia e a Sociedade. Com o auditório quase completo, a Luiza, do time do Colab, participou do painel da tarde, que tinha por objetivo expor boas práticas de comunicação pública e empoderamento popular e discutir com o público e a mesa do painel temas como, por exemplo, as estratégias usadas pelas organizações para gerar engajamento e estimular a participação dos cidadãos.

Luiza do time do Colab dividiu a mesa com (da esquerda para direita) Ana Veloso, professora da Universidade Federal de Pernambuco, Andréa Corradini, Assessora de Comunicação do Ministério Público de Pernambuco; o mediador da mesa, André Zahar, da Assembleia Legislativa de Pernambuco; Ricardo Brazileiro, do Centro Cultural Côco de Umbigada; e Luiza Barbosa, do Colab.
Luiza do time do Colab dividiu a mesa com (da esquerda para direita) Ana Veloso, professora da Universidade Federal de Pernambuco, Andréa Corradini, Assessora de Comunicação do Ministério Público de Pernambuco; o mediador da mesa, André Zahar, da Assembleia Legislativa de Pernambuco; Ricardo Brazileiro, do Centro Cultural Côco de Umbigada; e Luiza Barbosa, do Colab.

"Foi um prazer imenso termos sido escolhidos para compartilhar o caso do Colab como uma boa prática reconhecida pela ALEPE", Luiza nos contou super animada quando chegou de Recife no escritório. "Dividir a mesa com outras organizações tão importantes, como o próprio Ministério Público do estado de Pernambuco, tornou a experiência ainda mais singular".

QUAIS FORAM AS PRINCIPAIS QUESTÕES LEVANTADAS DURANTE O PAINEL?

Além das perguntas do público que estava no evento, as perguntas variaram entre temáticas como:

  • Estratégias de divulgação usadas pelas organizações que estavam na mesa para tornar o produto mais atraente para o público, gerar engajamento e estimular a participação.
  • O papel do Controle Social sobre as iniciativas que estavam participando do painel.
  • O grau de importância das parcerias com entidades públicas e entidades da sociedade civil para garantir repercussão das iniciativas.
  • Compartilhamento de boas práticas para incentivar que a população se aproprie do direito à comunicação.

Nossa vontade é reproduzir aqui tudo o que conversamos com o público do evento sobre os temas, mas no post de hoje vamos focar em apenas um deles. (Se você quiser saber mais detalhes, é só mandar um e-mail para nós no contato@colab.re que a Luiza pode contar pessoalmente pra você!)

O tema que nós queremos trazer nesse texto é o terceiro da lista acima, sobre a importância das parcerias com entidades públicas. Porque, na verdade, a resposta dela é muito simples: 100%!

Para uma organização que trabalha pela e para a gestão colaborativa como o Colab, é muito importante priorizar a colaboração com organizações públicas, gestores públicos, empresas, mídia, dentre muitas outras, em todas as suas áreas de atuação.

Um grande exemplo recente disso é a parceria que o Colab firmou com o ONU Habitat. O ONU-Habitat pede aos brasileiros e brasileiras, por meio do Colab, que comparem a vida urbana de hoje com a de dois anos atrás.

Quem participar deverá indicar se concorda ou discorda de afirmações como "O acesso a transportes públicos seguros, acessíveis e sustentáveis na cidade onde moro está melhorando"; "A qualidade da gestão de resíduos (coleta de lixo e materiais recicláveis) na cidade em que moro está aumentando"; e "​Na cidade em que vivo há possibilidade de os cidadãos participarem do planejamento urbano local e da gestão local"​ .

Para saber mais sobre essa parceria tão importante para nós e para as cidades brasileiras, clique aqui.

Até a próxima!

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

4 - Consuma de forma consciente

Antes de comprar diversas “coisas” e “tendências tecnológicas”, sempre se pergunte: eu realmente preciso disso? Terá utilidade para mim e para minha família? Preciso comprar isso agora? O meio ambiente e o seu bolso vão te agradecer =)


5 - Reutilize folhas de papel

Sabe aquele trabalho escolar que você imprimiu no ano passado e tá guardado no armário, acumulando poeira? Aquele relatório que seu chefe adorou ver três meses atrás, mas que não precisa mais? Tudo isso pode ser reutilizado! Use o verso da folha para anotar recados e ideias, rabiscar, dê para crianças desenharem, imprima nos dois lados da folha ou utilize o verso para imprimir coisas que não são tão importantes e serão utilizadas para consumo próprio. Enfim, dá pra fazer tanta coisa!


 6 - Deixe seu carro em casa

Utilize mais transporte público e outros meios que não poluem o meio ambiente, como bicicletas e patinetes elétricos. Comece a caminhar mais também! Além de conseguir ver coisas que passam despercebidas quando você está de carro, você desestressa e pode até perder aqueles quilinhos “a mais”.


7 - Participe da Consulta Cidades Sustentáveis da ONU-Habitat

Além de ajudar a prefeitura da sua cidade e a ONU-Habitat a terem uma noção sobre como estão os esforços para atingir o ODS11 da ONU, você exerce sua cidadania falando para o governo sua opinião sobre esse assunto. Para responder à consulta, é muito simples: baixe o app do Colab em seu smartphone ou acesse https://consultas.colab.re/cidades-sustentaveis, preencha seu cadastro e responda o questionário. É fácil, rápido e você ainda ajuda sua cidade a se tornar cada vez mais sustentável!

Você sabe mais alguma forma de apoiar o desenvolvimento sustentável na sua cidade? Conta pra gente aqui nos comentários =)

Colab

Sobre o autor

Somos a rede social para cidadania e a ponte entre você e o governo. Eleitos o melhor app urbano do mundo.