100%
2.3.2020

A ONU e as Mulheres

Que a ONU é subdividida em diversos órgãos e departamentos, todo mundo já sabe. Mas você sabia que existe um órgão voltado apenas às mulheres? Te contamos tudo sobre ele neste artigo.

No mês de março comemoramos o Dia Internacional da Mulher, data em que recordamos toda a luta feminista ocorrida nos séculos XIX e XX em busca de igualdade de direitos. Por isso, nosso blog - que é majoritariamente escrito por elas - dedicará parte dos conteúdos do mês para mostrar a atuação da mulher na sociedade e no setor público. 

Portanto, já começamos março falando de uma das principais organizações de representação feminina: a ONU Mulheres.

O que é?

A ONU Mulheres é a divisão da Organização das Nações Unidas (ONU) voltada à defender os direitos humanos de mulheres e meninas residentes em seus países associados.

Criada em 2010, dá continuidade ao trabalho de 20 anos do Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (UNIFEM), apoiando movimentos e articulações de mulheres e feministas.

A instituição é sediada em Nova Iorque e possui escritórios em quatro continentes. No Brasil, seu escritório fica localizado no Distrito Federal.


Aqui no Colab adoramos inovar na gestão pública!

Por isso, disponibilizamos alguns conteúdos mais completos que falam sobre gestão pública. Deixe o seu melhor e-mail para recebê-los!

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Áreas de atuação

A organização atua em parcerias com os três poderes, universidades, empresas e sociedade civil, defendendo os compromissos internacionais firmados pelos países membros que visam proteger meninas, mulheres e seus direitos humanos.

Dentre as áreas de maior atuação do órgão, estão:

empoderamento econômico;

fim da violência contra mulheres e meninas;

governança e planejamento

liderança e participação política das mulheres

normas globais e regionais;

paz e segurança e emergências humanitárias.


Curiosidades

A atriz inglesa Emma Watson, conhecida pela sua personagem Hermione na franquia Harry Potter, é a Embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres, estando à frente de diversas campanhas voltadas à equidade de gênero, como a HeForShe (ElesPorElas, em português);

A eleita por 6 vezes melhor jogadora de futebol do mundo, Marta Silva, também foi nomeada como Embaixadora da Boa Vontade da instituição;

No Brasil, algumas atrizes foram nomeadas embaixadoras e defensoras da ONU Mulheres. Em 2015, Camila Pitanga foi nomeada embaixadora nacional da instituição, enquanto Juliana Paes assumiu a posição de Defensora para a Prevenção e a Eliminação da Violência contra as Mulheres. Já em 2017 foi a vez da atriz Taís Araújo e da roteirista e escritora Kenia Maria serem nomeadas Defensoras dos Direitos das Mulheres Negras no país.


Em um mundo no qual 6 mulheres são assassinadas por hora devido ao seu gênero, e em um país no qual uma mulher é assassinada a cada duas horas, a atuação da ONU Mulheres se faz mais do que necessária na defesa dos direitos humanos delas, principalmente no que se refere ao direito à vida. 


Ana Mendonça

Sobre o autor

Ana Mendonça é jornalista e gestora de políticas públicas. Defensora de uma linguagem simples na administração pública, acredita no poder do cidadão e no protagonismo do servidor.