100%
25.5.2020

Boas práticas: Políticas Públicas para crianças durante a pandemia

Você sabe quais políticas públicas estão sendo direcionadas às crianças durante a pandemia de Covid-19? Nós te contamos sobre algumas delas neste artigo.

A pandemia de coronavírus tem afetado a todos e diversos recursos estão sendo destinados à saúde e assistência social.

Idosos e pessoas do grupo de risco estão sendo protegidos, mas não se fala muito de um grupo bastante especial, e que também está sofrendo com isso tudo: as crianças.

Existem políticas públicas direcionadas a elas? 

Nós te falamos sobre algumas neste artigo.  

Espanha permite brincadeiras na rua por uma hora

Um dos países mais atingidos pela pandemia, após um confinamento de seis semanas, a Espanha permitiu que as crianças saíssem à rua para brincar por uma hora ao dia.

Mas não pense que eles já voltaram à vida de antes, porque isso não aconteceu. 

Os parques continuam fechados, eles não podem interagir com vizinhos, os menores devem ser supervisionados pelos pais e devem ficar, no máximo, a  um quilômetro de suas casas.


Aqui no Colab adoramos inovar na gestão pública!

Por isso, disponibilizamos alguns conteúdos mais completos que falam sobre gestão pública. Deixe o seu melhor e-mail para recebê-los!

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Primeira-Ministra da Noruega responde perguntas de crianças sobre o coronavírus

A Premiê norueguesa Erna Soldberg inovou ao voltar seu olhar para crianças durante um programa de tv, respondendo diversas perguntas como, “o que posso fazer para ajudar?”, “posso ter uma festa de aniversário?” e “posso visitar meus avós após ir ao shopping?”. 

A líder ainda destacou que é normal sentir medo numa situação dessa e que não há problema nenhum nisso.

Por fim, Soldberg acalmou as crianças garantindo que tudo ficará bem e explicou a importância de ficar em casa.

Justiça brasileira acelera processos de adoção durante a quarentena

O Judiciário tupiniquim também está pensando nas crianças que vivem em abrigos e orfanatos. Por isso, as ações de adoção estão tramitando mais rápido para que as crianças possam passar a quarentena em suas casas e assim evitem o contágio pelo vírus.

Os padrinhos cadastrados em um programa da Justiça, que permite convivência esporádica com as crianças, também estão sendo acionados para abrigarem os afilhados em suas casas durante o período de isolamento.

Por fim, os pais que estavam em processo de aproximação com os filhos tiveram suas ações aceleradas, tudo isso para proteger a saúde das crianças.


Você conhece mais alguma política pública voltada a crianças que está sendo executada durante a pandemia? Me conta!

Ana Mendonça

Sobre o autor

Ana Mendonça é jornalista e gestora de políticas públicas. Defensora de uma linguagem simples na administração pública, acredita no poder do cidadão e no protagonismo do servidor.