100%
27.11.2019

7 Vantagens das áreas verdes nas cidades

Neste artigo queremos mostrar 7 vantagens das áreas verdes nas cidades que ajudam a melhorar a vida da população. Confira!

A imagem que muita gente tem de uma cidade boa para se viver é aquela onde tudo está próximo: locais de lazer, trabalho, transporte público, hospitais, escolas e afins. E onde podemos encontrar tudo isso? Exatamente, nas metrópoles.

Contudo, a maioria das grandes metrópoles não são cidades sustentáveis e, para ter todas essas comodidades, terminam abrindo mão de áreas verdes em seus territórios.

Neste artigo queremos mostrar 7 vantagens das áreas verdes nas cidades que ajudam a melhorar a vida da população. Confira!

Vantagens das áreas verdes nas cidades

1.     Controle do microclima urbano

Microclima é a palavra usada para se referir à pequenas áreas, separadas por barreiras (como a vegetação) de outras zonas, com condições atmosféricas diferentes do exterior.

Nas cidades temos os chamados microclimas urbanos, que são essas áreas, mas com “barreiras” formadas por edifícios e pela emissão de poluentes.

Áreas arborizadas ajudam a controlar o microclima por oferecerem abrigo dos raios solares, umidade para que o ar tenha uma qualidade melhor e “filtrar” gases tóxicos como o dióxido de enxofre e de carbono que são absorvidos pelas folhas. 

2.     Diminui os riscos de enfarto e AVC

De acordo com o médico Paulo Saldiva, viver a menos de 500 metros de parques e áreas verdes reduz quase 30% do risco de ter um AVC ou enfarte do miocárdio. Morar perto de áreas verdes também incentiva a atividade física, entre outros hábitos saudáveis. 

3. Purificação do Ar

Doenças respiratórias causadas pela poluição do ar como a bronquite alérgica, asma e rinite se tornam menos comuns já que as árvores purificam o ar com a produção constante de oxigênio na fotossíntese.

Quer aprender mais sobre Agenda 2030?

Cadastre o seu e-mail e tenha acesso aos nossos conteúdos sobre gestão pública.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

4. Felicidade

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Winsconsin, nos Estados Unidos, mostra que quem mora perto de áreas verdes é mais propenso à felicidade.

Analisando as informações obtidas, os pesquisadores perceberam que sintomas como os da ansiedade, depressão e estresse aparecem com baixa frequência em pessoas que moram perto de áreas verdes.

De acordo com um trecho do estudo: “Assim, uma pessoa pobre que vive em uma estrada próxima a uma floresta nacional é mais propícia a se sentir feliz do que uma pessoa mais rica vivendo em um lugar totalmente cinza”.

5. Melhora a atenção

A doutora Kristen Malecki, professora da Escola de Medicina e Saúde Pública da Universidade de Wisconsin, afirma que mais tempo na natureza restaura a capacidade de concentração e reduz a fadiga mental, dando credibilidade à “teoria da restauração atenção”.

De acordo com a teoria, o cérebro fica cansado de estar sempre em alerta e consciente aos estímulos cotidianos, por isso ele “põe as ideias no lugar” quando está em um ambiente repleto de árvores e estímulos naturais. 

6. Menos poluição sonora

O excesso de barulhos e ruídos da cidade aumenta os níveis de estresse e insônia, portanto as áreas verdes podem ajudar a diminuir isso com jardins verticais e telhados verdes.

7. Retenção da água

As áreas com muitas árvores limitam a impermeabilização do solo, absorvendo a água das chuvas e minimizando os danos causados por enchentes e afins.

Essas são apenas algumas das vantagens das áreas verdes nas cidades. Gostou desse conteúdo?

Compartilhe com os amigos e continue no blog do Colab para aprender mais sobre gestão pública.

Nat Almeida

Sobre o autor

Publicitária que escreve sobre criatividade na gestão pública e gosta de aleatoriedades. Responsável pelo blog do Colab e é amante de pães de queijo.